Banner PagSeguro

Suspeito de matar enteada já havia sido condenado por estupro de adolescente

 

Segundo a polícia, o homem, que é advogado, já havia cumprido pena por estupro anteriormente


A Polícia Civil de São Paulo informou que o advogado preso suspeito de matar a enteada Anna Carolina Pascuin Nicoletti, de 24 anos, que era vendedora e estudante, já havia cumprido pena por estupro contra uma adolescente de 17 anos.

A moça teve o corpo encontrado sem vida pelo namorado em um apartamento na cidade de Sorocaba, no interior de São Paulo, no dia 13 de novembro. A polícia também informou que ela já havia denunciado o ex-padrasto por violência doméstica em 2020, pouco depois de ele ter saído da prisão. As informações são do G1.

O suspeito, que atua como advogado, foi preso na quarta-feira (24), na cidade de Pilar do Sul, também em São Paulo. O homem que não teve a identidade revelada, foi interrogado na Divisão Especializada de Investigações Criminais (Deic) de Sorocaba, para onde foi encaminhado após a prisão.

Ana Carolina foi morta com um tiro na cabeça, segundo afirma o namorado, que encontrou o corpo da jovem por volta das 11h do dia 13 de novembro. Ele informou à polícia que, ao chegar ao local, percebeu a porta meio aberta, mas não havia nela sinais de arrombamento. 

A vítima estava na cama, com uma marca de tiro na cabeça. O rapaz então acionou o Serviço de Atendimento Móvel de Urgência (Samu), que atestou a morte. A polícia civil segue investigando o caso.


Suspeito de matar enteada já havia sido condenado por estupro de adolescente Suspeito de matar enteada já havia sido condenado por estupro de adolescente Reviewed by Joe25585 on novembro 25, 2021 Rating: 5

Nenhum comentário

Banner PagSeguro